Sociedade

Serial Killer de Goiânia é condenado a 21 anos de prisão 

O “Serial Killer de Goiânia”,  alcunha pela qual ficou conhecido o vigilante Tiago Henrique Gomes da Rocha, 30, foi condenado nesta segunda-feira (9 de julho) a vinte e um anos de prisão pelo assassinato da jovem Wanessa Oliveira Felipe, que na época tinha 22 anos, dentro de uma farmácia na capital goiana.

A condenação pela morte da jovem foi a 29ª do vigilante por homicídio, que agora já está condenado a penas que ultrapassam os 600 anos de prisão. 

Wanessa foi porta por Tiago no dia 23 de abril de 2014, quando havia acabado de sair da academia e passado em uma farmácia. O assassino chegou pilotando uma moto e, sem retirar o capacete, sacou uma arma e disparou contra as costas da vítima, que terminou falecendo em decorrência do ataque.

Os jurados decidiram que o crime foi qualificado, com dificuldade de defesa da vítima, o que agravou sua situação. Tiago confessou o crime à polícia de Goiás e um laudo pericial constatou que a bala que a matou saiu de uma arma que havia sido apreendida com Tiago.

Seus defensores declararam que irão recorrer da sentença.

Botão Voltar ao topo
Fechar

AdBlock detectado!

Nosso site exibe alguns serviços importante para você usuário, por favor, desative o seu AdBlock para podermos continuar e oferecer um serviço de qualidade!