Notícias

Polícia Civil divulga foto do suspeito de atentado a bomba contra advogado

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Investigação Criminal (Deic), apresentou nesta quinta-feira (27/10) a foto do suspeito de realizar o atentado a bomba contra o advogado Walmir Cunha, ocorrido em 15 de julho. Um senhor de aproximadamente 60 anos, entre 1,65m e 1,70m, é apontado como um dos mentores do ato criminoso, confirma o delegado titular da especializada, Valdemir Branco.
Cartazes foram distribuídos em Anápolis e em Goiânia com as imagens do suspeito. De acordo com o delegado, outros dois indivíduos também estão envolvidos no crime, mas não terão imagens divulgadas para não atrapalhar as investigações. Há suspeita de que um policial tenha participado da trama, devido ao alto grau de complexidade da bomba.
“Se alguém tiver alguma informação deste senhor, ligue no Disque Denúncia, 197”, reforça. Branco confirma que o atentado ocorreu por questões profissionais e não passionais. “Ele logrou êxito em uma ação específica, irritando os autores do atentado”, pontua.
Na oportunidade, o advogado ficou ferido após a explosão de um pacote que recebeu em seu escritório no Setor Marista. Walmir Cunha teve lesões em várias partes do corpo, principalmente nas mãos, foi internado e recebeu alta dias depois. De acordo com o delegado, o pacote foi entregue no Jardim Guanabara por um motoboy, que não tem relação com o crime.
“O motoboy não sabia o que tinha no pacote. Dá para perceber também que a pessoa que entregou esta bomba ao motociclista usou de disfarces e colocou uma tala no braço direito. Quando ele percebia a câmera de vigilância, abaixava a cabeça”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar

AdBlock detectado!

Nosso site exibe alguns serviços importante para você usuário, por favor, desative o seu AdBlock para podermos continuar e oferecer um serviço de qualidade!