DestaquesNotíciasSegurança

Caiado defende aprofundamento de debate sobre segurança

Em entrevista concedida ao portal UOL, nesta segunda-feira (02/10), governador de Goiás deu detalhes sobre atuação conjunta das polícias nas fronteiras de Goiás e troca de informações entre estados

“Nossas tropas não têm divisa. Temos uma polícia sem fronteira, que age imediatamente e de forma conjunta, não dando tempo para que as pessoas se sintam inseguras”, afirmou o governador Ronaldo Caiado ao portal de notícias UOL, sobre a atuação das forças de segurança nas fronteiras do estado. Em entrevista concedida nesta segunda-feira (02/10), Caiado voltou a defender o aprofundamento do debate nacional sobre segurança pública e a atuação integrada entre governos.

“É um assunto que todo mundo vê, mas ninguém quer assumir. Ninguém quer debater. Todo mundo faz as pregações à distância, dá aula nas entrevistas, mas não tem a coragem de enfrentar no dia a dia”, disse. Utilizando medidas aplicadas em Goiás como exemplo, destacou que a troca de informações com Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins e Distrito Federal é fundamental para combater o narcotráfico e a violência.

Da mesma forma, Caiado lembrou que a parceria entre as polícias Civil, Penal e Militar com a Polícia Rodoviária Federal e Polícia Federal explica os bons resultados obtidos na área. “Goiás possui menores valores de seguro de carro e de transporte de carga, por exemplo. Ao mesmo tempo, não existe um palmo em que a nossa polícia não ande. Não há um bairro, uma rua que seja de domínio de facções. Não há registro de assalto a banco”, frisou.

Equilíbrio
Outro tema abordado no programa UOL Entrevista foi a relação entre Estado e governo federal. Caiado defendeu ponto de equilíbrio: “Os extremismos não resolvem os problemas dos cidadãos. Pois o que importa de verdade é que o goiano possa sair de casa sem medo de ser assaltado, que tenha atendimento nos hospitais, educação de qualidade.”

Para o governador, nenhuma pauta política pode sobrepor à necessidade de investir em ensino de qualidade e formação técnica dos jovens. “Só existe uma forma de pensar num Brasil que dê certo no futuro, que é investindo na educação. A hora é essa: de incentivo aos talentos, às vocações. De educação. É isso que trará resultados hoje e em dez anos também. Essa é a pauta”, finalizou.

Fotos: Hegon Correa
Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

Botão Voltar ao topo
Fechar

AdBlock detectado!

Nosso site exibe alguns serviços importante para você usuário, por favor, desative o seu AdBlock para podermos continuar e oferecer um serviço de qualidade!