EsportesNotícias

Oyama deixa futuro em aberto no Botafogo: “Se for para chegar e não somar, prefiro ir para outro clube”

O Botafogo vai contar com o retorno de uma série de jogadores que estavam emprestados ao RWD Molenbeek, time de John Textor na Bélgica, com o fim da temporada europeia. A equipe foi campeã da segunda divisão belga e conquistou o acesso à elite. Entre os atletas, Luís Oyama volta ao Alvinegro a partir do mês que vem.

Além de Luís Oyama, Vinícius Lopes, é outro jogador emprestado pelo Botafogo ao RWD Molenbeek. Del Piage, Ênio, Rikelmi, Barreto e Klaus foram de forma definitiva para o clube belga, mas têm chance de retornar ao Alvinegro no meio do ano caso o clube carioca queira.

Luís Oyama foi uma das figuras da campanha do Botafogo na Série B em 2021. Ele até começou o Brasileirão do ano passado como titular com Luís Castro, mas perdeu espaço e foi emprestado. Neste sentido, ele destacou a importância de John Textor em todo esse processo.

– Fui para a Bélgica por ele (Textor). Ele comentou sobre o projeto comigo e eu confiei, graças a Deus conseguimos o que queríamos. Até lembro que depois do último jogo ele falou ‘obrigado por confiar em mim’, isso me marcou. Fico feliz pelo John e por ter conseguido alcançar o que a gente queria – afirmou, em entrevista exclusiva ao ge.

O contrato de empréstimo com o time de Bruxelas acaba no dia 30 de junho mas, diante do fim dos compromissos, os jogadores ganharam algumas semanas de férias e vão se reapresentar ao Botafogo para a definição do futuro no mês que vem. Eles só poderão atuar em território nacional, seja por qual equipe for, a partir do 3 de julho, quando a próxima janela de transferências abre.

Botão Voltar ao topo
Fechar

AdBlock detectado!

Nosso site exibe alguns serviços importante para você usuário, por favor, desative o seu AdBlock para podermos continuar e oferecer um serviço de qualidade!