Começam vistorias de apartamentos do Residencial Buriti Sereno em Aparecida

27 de novembro de 2018

A Agência Goiana de Habitação (Agehab) e Prefeitura de Aparecida de Goiânia estão convocando as 832 famílias beneficiárias do Residencial Buriti Sereno para vistoriar os apartamentos. As vistorias começaram nesta-segunda (26/11) e vão até o dia 4 de dezembro. Os contemplados devem comparecer na porta dos próprios condomínios na data e horário agendados, de acordo com o cronograma publicado no site da Agehab: http://www.agehab.go.gov.br/residenciais/residencial-buriti-sereno/2-institucional/2885-convoca%C3%A7%C3%A3o-para-vistoria-dos-apartamentos-buriti-sereno.html.

O atendimento das famílias está sendo realizado pela equipe social da Prefeitura de Aparecida e de engenheiros da construtora responsável, das 8 às 12 horas e das 14 às 17 horas, exclusivamente para beneficiários dos condomínios I, II e III. A vistoria é fundamental para que os futuros moradores possam identificar possíveis falhas internas ou estruturais para correção antes da entrega das chaves, prevista para acontecer até o final de dezembro. No final, o beneficiário assina o Termo de Vistoria, declarando que o apartamento não tem falhas ou descrevendo o que deve ser corrigido pela construtora.

O presidente da Agehab, Cleomar Dutra, ressalta que o Governo de Goiás se preocupa em garantir que as famílias contempladas vivam em condições de segurança, com acesso à moradia digna e de qualidade.

Sonho realizado

A Agehab, Caixa Econômica Federal e Prefeitura de Aparecida de Goiânia realizaram no último dia 22 sorteio de endereços do Residencial Buriti Sereno, em solenidade com a presença das famílias. Entre os beneficiários que tiveram os endereços sorteados, estava a funcionária pública Luana Soares, 24 anos. Ela já tinha feito inscrição duas vezes, pela Prefeitura de Aparecida e também em outro empreendimento do Governo de Goiás, o Nelson Mandela. Mas foi contemplada agora na cota da Agehab, que ficou responsável pelo processo seletivo de 30% dos apartamentos (332 unidades habitacionais), enquanto a Prefeitura selecionou 70% da demanda (500 moradias). O Governo de Goiás investiu R$ 16,8 milhões na construção dos apartamentos, com recursos do Cheque Mais Moradia. O valor total da obra foi de R$ 66,6 milhões, em parceria com o Ministério das Cidades/Caixa. As famílias vão pagar prestações que variam de R$ 80,00 a R$ 270 reais, em financiamento de 10 anos.