Apartamentos compactos podem ser opção de moradia e investimento em Goiânia

1 de agosto de 2018
por

Os antigos kitnets, agora rebatizados lofts – apartamentos que geralmente são integrados por um quarto-sala, cozinha e banheiro viraram os queridinhos de investidores e moradores de Goiânia. Com o lançamento de mais de duas mil unidades de 2013 para cá e taxa média de ocupação em torno dos 95%, segundo a Ademi-GO, estes empreendimentos podem ser uma ótima fonte de renda extra para quem constrói e investe além de uma opção de aluguel mais barato para os interessados em morar em setores com boa localização.

As configurações desses imóveis são bem variadas, podendo incluir cozinha integrada à sala, além dos chamados “banheiros americanos”, que servem tanto como banheiro social e também como suíte, com portas de acesso duplas. Paredes giratórias que virem a TV para a sala ou para o quarto, dependendo da vontade do morador, também fazem parte dos projetos utilizados nos lofts.

Muitos proprietários destes imóveis são aposentados buscando complementar seus rendimentos, já que são apartamentos com excelente liquidez para o aluguel, além de serem imóveis que valorizam consideravelmente, devido ao alto custo do metro quadrado nos setores em que são construídos.

Em Goiânia há uma grande procura por esta modalidade de empreendimento, com grande procura dos mesmos por parte de jovens solteiros, casais sem filhos e estudantes universitários.

Na capital os setores que apresentam maior procura por estes apartamentos – que variam entre 37m² e 60 m² – são os setores Bueno, Marista, Universitário, Oeste e Jardim Goiás, muito por se tratarem de regiões centralizadas e com excelente oferta de comércio e serviços.