Governo de Goiás e SSP anunciam fim de bloqueios em rodovias goianas

31 de maio de 2018

 Todos os 52 pontos de bloqueios em rodovias goianas foram liberados pelas forças policiais. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (30/05), pelo governador José Eliton e o secretário de Segurança Pública, Irapuan Costa Júnior. “Goiás trabalha com afinco desde o início da paralisação para minimizar os impactos do movimento à população”, afirmou o governador.

Além da liberação das rodovias, uma operação coordenada pela Polícia Militar, Exército Brasileiro e Polícia Rodoviária Federal resultou em 368 escoltas em todo o Estado. Mais de 420 caminhões com cargas de combustível, medicamentos, animais vivos, gás de cozinha e alimentos foram acompanhados pelas forças policiais.

As ações tiveram início na última segunda-feira (28), após decisão do Gabinete de Monitoramento da Paralisação do Transporte Rodoviário de Cargas (GMPTC), coordenado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Duas linhas telefônicas foram disponibilizadas para que empresas e motoristas solicitassem as escoltas e denunciassem crimes relacionados à mobilização, como bloqueios, comércio ilegal de produtos e furtos e roubos de cargas. “O trabalho foi feito de acordo com a necessidade de cada região”, explicou Irapuan Costa Júnior.

Os desbloqueios das rodovias estaduais foram coordenados pelo comandante de Policiamento Rodoviário, coronel Márcio Vicente da Silva, com apoio do comandante do 2º Comando Regional da Polícia Militar. Também participaram das ações tropas do Comando de Missões Especiais (Choque, GRAer, Bope e Cavalaria).

O gabinete instalado pelo Governo de Goiás continuará com as ações de monitoramento de saúde, abastecimento e de divisas nos próximos dias. Caso necessário, solicitações de escoltas ainda podem ser feitas pelo telefone (62) 3201-6101, pelo e-mail coordenacaoescolta@gmail.com ou nos comandos regionais da PM. O disque denúncia também continua em funcionamento por meio do número (62) 3201-2052.

Defesa do consumidor

O Procon-Goiás realizou diversas ações de fiscalização desde o início do movimento. Todas as denúncias de preços abusivos de produtos e serviços estão sendo apuradas.

Somente em Goiânia, o órgão fiscalizou 183 postos de combustível. Foram registradas 18 denúncias de prática abusiva na venda de gás de cozinha. Dois estabelecimentos foram autuados por terem comercializado o produto por R$ 150.

As ações de fiscalização também terão continuidade nos próximos dias. Consumidores podem denunciar irregularidades pelo disque denúncia 151 ou pelo telefone (62) 3201-7124.