Política

Elison Bernardes é confirmado candidato a federal pelo NOVO

Em convenção realizada no último sábado (28), o partido Novo confirmou a candidatura dos oito deputados federais pela legenda. Entre eles está o ex-presidente do partido e um dos fundadores do movimento em Goiás,  Elison Bernardes do Amaral.

Durante a homologação de seu nome, o candidato disse que o Brasil precisa de mudança e isso começa com o processo eleitoral. “É importante que as pessoas saibam em quem votar e como votar. Observar o passado de cada candidato, suas propostas e principalmente o que o partido representa e oferece para sociedade”, frisou Elison.

O partido Novo foi fundado em 2011 em Goiás e desde então tem se destacado no cenário político pelo sistema diferenciado de aceitar filiados e lançar candidatos.

Para fazer parte da legenda é necessário preencher os requisitos da Lei da Ficha Limpa. Para ser candidato é necessário passar por um processo de seleção com diferentes etapas eliminatórias, que vão desde a análise de currículo a conhecimentos sobre legislação até o papel do parlamentar.

Elison não é político de carreira. Atua no ramo imobiliário e tem como sua principal bandeira o incentivo ao empreendedorismo e conseqüentemente a reforma tributária. “Eu já fiz de tudo um pouco nessa vida, e como sou empreendedor sei bem o que as pessoas passam com essa altíssima carga tributária no nosso país. É importante olhar para o pequeno e dar condições dele trabalhar e produzir. A reforma tributária é urgente. Nós somos massacrados com tantos impostos e isso não só atrasa, como impede o desenvolvimento da nossa economia”, explica.

E quando se fala em pagamento de impostos, o partido tem posição radical. O candidato a deputado federal lembra que o grande diferencial do partido Novo é o não uso de dinheiro público para financiar campanhas.

“A  gente precisa destacar que o dinheiro do pagamento de impostos é dinheiro para ser usado na saúde, segurança, educação e benefícios sociais e não para financiar partidos e candidatos. O Novo é o único partido que não usa esses recursos e não vai usar”, destaca.

A sigla decidiu não lançar candidatos a deputado estadual, senador e governador, e não vai fazer alianças no estado.

Botão Voltar ao topo
Fechar

AdBlock detectado!

Nosso site exibe alguns serviços importante para você usuário, por favor, desative o seu AdBlock para podermos continuar e oferecer um serviço de qualidade!