Vanderlan volta à Feira Hippie para agradecer

26 de novembro de 2018

O senador eleito por Goiás, Vanderlan Cardoso (PP) esteve ontem (25) de manhã na Feira Hippie, em Goiânia, para agradecer aos feirantes e clientes pelo apoio que deram a ele nessas eleições. Durante a campanha eleitoral, quando Vanderlan disputava uma das duas vagas para o Senado Federal, ele esteve na Feira conversando com os trabalhadores e fazendo compromissos. O retorno, hoje, serviu para agradecer o apoio dos feirantes, que o ajudou a ser o senador mais bem votado dessa eleição e, segundo ele, para reafirmar os compromissos de campanha.

Mesmo sendo a maior feira ao ar livre do Brasil e uma das maiores da América Latina, a Feira Hippie ainda sofre com a falta de estrutura e insegurança. “Durante a campanha muitos políticos aparecem aqui para pedir votos, mas depois todos somem e não resolvem nada pra gente”, reclamou um feirante. “Isso pra mim é novidade. Um político voltar aqui, depois de eleito, para agradecer? Nunca tinha visto acontecer nos 25 anos que trabalho aqui na feira. Tenho que te dar os parabéns por isso, Vanderlan”, finalizou.

O senador passou por várias bancas conversando com os feirantes, tirando fotos e ouvindo sugestões. “Eu já fui feirante. Sei o que cada um desses trabalhadores passam, aqui. Precisam estar de pé ainda de madrugada, depois ficam o dia inteiro debaixo dessas lonas. Quando chove, molham e pisam na lama. Quando está de sol, enfrentam um calor insuportável. Eu sei o que é isso. Já vivi essa realidade. Então tenho tranquilidade para afirmar que os feirantes agora terão um senador da República”, sinalizou.

Vanderlan conversou com os feirantes através do sistema de som da Rádio Hippie, ao lado do diretor Jairo Gomes e do presidente da Associação dos Feirantes da Feira Hippie, Waldivino da Silva, o Divininho. Ele reforçou que o maior erro dos políticos é não ouvir a população. “Ás vezes até têm alguns políticos bem intencionados, mas eles erram ao pensarem que podem fazer tudo sem ouvir as pessoas. São vocês, feirantes, que levantam cedo, que trabalham aqui toda semana, que sabem o que é melhor para a Feira Hippie. Por isso que eu quero ouvir vocês, quero saber das reivindicações e das necessidades do feirante e dos clientes. Ninguém pode chegar aqui e tentar impor qualquer coisa sem ouvir os feirantes”, defendeu.

O presidente da Associação dos Feirantes, Divininho, agradeceu a disposição do senador em voltar na feira e abrir um canal de diálogo com os feirantes. Ele lembrou que a Feira Hippie emprega muitas famílias e que precisa de mais atenção do poder público. “A Feira Hippie, hoje, pode ser considerada como uma das maiores empresas de Goiás. Se somar cada banca dessa, que gera 5 ou 6 empregos, teremos um grande número de empregados. A feira tem mais de 5,5 mil bancas, atualmente. Então o senhor está certo em vir aqui e buscar esse diálogo com a gente. Precisamos de ajuda porque se a Feira Hippie fechar serão muitas famílias desempregadas”, pontuou.

“Da minha parte eu vou defender a Feira Hippie. Ao invés de gerar desemprego, nós vamos criar mecanismos para aumentar o número de pessoas com condições de tirar o seu sustento aqui na feira. É isso que eu defendo: geração de emprego e renda. Eu acredito que, com diálogo você pode chegar a um consenso em que todos saem ganhando. Tudo que for para melhorar a vida dos trabalhadores, pode contar comigo. Agora vocês vão ter um senador que defende o feirante, que vai defender aqueles que querem trabalhar, levantar cedo e mudar esse País”, finalizou, Vanderlan.