Mulheres são a maioria dos mais de 4 milhões de eleitores de Goiás

3 de agosto de 2018

O Tribunal Superior Eleitoral realizou um levantamento que demonstrou um total de mais de 4 milhões de eleitores aptos a votar no Estado de Goiás.

Importantes para traçar um perfil do eleitorado e para nortear as campanhas eleitorais dos diversos candidatos no Estado, estes dados ajudarão a pensar em propostas que atendam aos nichos da população, fazendo com que os candidatos se preocupem em direcionar suas estratégias.

De acordo com o levantamento, as mulheres são a maioria do eleitorado – 52,4% dos eleitores contra 47,6% dos homens – assim como os solteiros, os que estudaram até o nível médio e aqueles tem entre 35 e 39 anos de idade.

O maior percentual relativo à faixa etária está entre os 35 e 39 anos, com 11,31% do eleitorado, o que corresponde a em torno de 500 mil votos. Os mais jovens – com 16 anos – e os mais velhos – entre 90 e 94 anos – formam o menor contingente de eleitores com apenas 0,26% e 0,14% do eleitorado respectivamente.

A maioria dos eleitores de Goiás é solteira – 49,9% ou 2,2 milhões de eleitores – seguidos pelos casados (39%), divorciados (5,67%), viúvos (3,68%) e separados (1%). Com relação à escolaridade, os completaram o Ensino Médio compõem 26,9% do eleitorado, com um contingente em torno de 2 milhões de votos.

A Capital, Goiânia, é o maior colégio eleitoral do Estado com 980 mil eleitores e Anhanguera, na região Sul de Goiás, o menor, com 1.050 votos em disputa.

Em todos os 246 municípios, a identificação será feita por meio do sistema biométrico.