Popularidade de Lêda Borges cresce em 8% após ataques cibernéticos, aponta blog

11 de junho de 2018
por

Os ataques cibernéticos sofridos pela deputada estadual Lêda Borges (PSDB) não resultaram em prejuízos em sua pré-candidatura. É o que mostram dados de uma pesquisa realizada pelo blog Reage Entorno DF/GO. De acordo com o levantamento, a popularidade da parlamentar teve crescimento de 8% na Região do Entorno após o crime.

            Na última semana, Lêda Borges foi vítima de Fake News (notícias falsas) espalhadas por perfis falsos criados no Facebook. “Estou tomando as providências judiciais cabíveis. Enquanto eles vão para a internet tentar me difamar, eu vou mostrando para meu povo o resultado do meu trabalho”, disse à reportagem.

            De acordo com a legislatura atual, a divulgação de notícias falsas em período eleitoral, com o objetivo de desqualificar um candidato, partido ou coligação constitui-se crime. Conforme aponta a lei de n° 12.891, os responsáveis podem ter pena de 2 a 4 anos de prisão, além de multa de R$ 15 a 50 mil.

            Lêda Borges tem realizado diversas reuniões no município de Valparaíso para prestar contas à população dos trabalhos feitos na cidade enquanto parlamentar. A suspeita é de que o destaque positivo da atuação da deputada tenha motivado os ataques por parte da oposição.