Gustavo Mendanha se reúne com ministros em Brasília

24 de maio de 2018

Durante todo dia de ontem ,23, o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha esteve em Brasília onde se reuniu com os ministros dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casemiro Rocha e também com o ministro das Cidades Alexandre Baldy. Na pauta das duas reuniões a construção de dois elevados na BR-153, no perímetro urbano do município. O projeto prevê que as intervenções serão feitas no cruzamento com a Avenida Bela Vista, na divisa com Goiânia, e no cruzamento da Avenida Santana, ligando o Centro a Região Leste que abriga três polos e o campus da Universidade Federal de Goiás (UFG).

Durante a reunião no Ministério dos Transportes, o prefeito solicitou celeridade na liberação das obras que irão melhorar a mobilidade de milhares de condutores que utilizam diariamente os dois trechos da rodovia federal. “A construção desses elevados irá destravar o tráfego intenso de veículos em pontos importantes de nossa cidade, facilitando o ir e vir de quem precisa se mover entre uma região e outra do município e também auxiliando o escoamento da produção dos nossos polos industriais”, pontuou o prefeito que estava acompanhado de secretários municipais e da deputada federal Magda Mofatto (PR).

Ao justificar o pedido de agilidade na liberação dos recursos, Gustavo e demais membros da comitiva destacaram que estudo realizado pela Secretaria de Mobilidade e Defesa Social apontou que mais 60 mil veículos trafegam diariamente no perímetro entre os dois pontos onde serão construídos os elevados. Também foi informado ao ministro que esse trecho da BR-153 é um dos mais perigosos do Brasil, registrando a cada ano acidentes graves e com vítimas fatais.

Dando continuidade à pauta dos elevados, o prefeito Gustavo Mendanha e sua comitiva se reuniu com o ministro das Cidades, Alexandre Baldy e com o deputado federal Daniel Vilela (MDB) para solicitar a liberação dos recursos necessários para que a administração realize as obras de mobilidade. “Estamos trabalhando nas duas frentes para que os recursos saiam o quanto antes e assim possamos iniciar as obras que beneficiará milhares de motoristas que trafegam por esses dois trechos no perímetro urbano da rodovia federal em Aparecida”, destacou Gustavo, que também solicitou a prorrogação de contratos da administração junto ao ministério das Cidades.

Segundo a ex-secretária de Projetos e Captação de Recursos e, agora, titular da Educação e Cultura, Valéria Pettersen, o projeto inicial de solução viária previa a construção de dois viadutos com custo estimado de R$ 35 milhões cada. Com a alteração para elevados o valor cai para R$ 8 milhões em cada intervenção. “Nossa proposta está bem avançada, atendendo os critérios técnicos. O Ministério dos Transporte aguarda decisão da empresa que detém a concessão da rodovia. Se a Triunfo Concebra destratar o contrato e entregar o trecho, o DNIT irá assumir a responsabilidade da construção”, disse ela explicando que buscar os dois ministérios ajuda a garantir a execução das obras.

Presenças

Acompanharam o prefeito Gustavo Mendanha na agenda com os ministros Valter Casemiro Rocha e Alexandre Baldy, os secretários André Rosa (Fazenda); Olavo Noleto (Projetos e Captação de Recursos); Gerfeson Aragão (Esporte Lazer e Juventude); Alessandro Magalhães (Saúde) e os vereadores Isaac Martins (PR) e Valdemir Souto (PR).