NotíciasPolítica

Última edição de Jornalismo e Território abre inscrições para região Centro-Oeste

Estão abertas até o dia 26 de fevereiro as inscrições para a próxima turma do programa Jornalismo e Território. A formação irá discutir sobre a cobertura de temas relacionados ao conceito de justiça climática, com o olhar para a crise climática na Amazônia e no Centro-Oeste, sempre com a premissa da interseccionalidade.

Exclusivamente on-line, a Énois Laboratório de Jornalismo conduzirá o quinto ciclo do programa para jornalistas, comunicadores, ativistas das periferias de Campo Grande, Goiânia e Cuiabá. A edição de Jornalismo e Território – Justiça Climática teve início em 2022,  e atendeu um público de 107 pessoas, em sua maioria negras (62,6%) e  indígenas (20,50%).

Para a jornalista Karine Custódio, assessora de comunicação do Instituto Indígena do Tocantins – INDTINS, participante da última turma do curso, o programa é uma grande oportunidade para refletir sobre as mudanças climáticas associadas às questões sociais e políticas. “A maior parte dos jornalistas não têm acesso a discussões profundas sobre racismo, mudanças climáticas e o papel das produções jornalísticas para aumentar ou combater esses problemas, acredito que o programa inova em promover esse debate e ajuda a fortalecer nosso compromisso ético com os direitos humanos e a defesa do meio ambiente dando dicas de como construir uma produção que respeite populações minoritárias e toque em questões socioambientais”.

Metodologia – A formação contará com 10 encontros online. Cada encontro terá a duração de duas horas (das 10h às 12h, horário de Brasília). Além de discutir o conceito de justiça climática, as e os participantes também aprenderão como produzir e distribuir uma pauta a partir do exercício do mapa afetivo, entre outros conteúdos jornalísticos, e deverão produzir reportagens com edição e mentoria da Énois. Cada participante receberá uma bolsa de R$ 500, desde que atenda a pelo menos 70% dos encontros para desenvolver a pauta.

“Antes do programa eu não tinha a prática de planejar e executar a distribuição do material, mesmo sabendo da importância de devolver o material para as fontes, na correria do dia-a-dia muitas vezes não fazia essa devolução, as orientações do laboratório serviram pra que eu melhorasse essa parte do meu trabalho”, contou Karine.

Serviço

Inscrições: Do dia 06/02 ao 26/02. Para se inscrever, preencha o formulário aqui

Público: jornalistas, comunicadores, ativistas das periferias de Campo Grande, Goiânia e Cuiabá.

Duração: O curso vai ser desenvolvido em 10 encontros, às terças e quintas. As datas são as seguintes: 14/03, 16/03, 21/03, 23/03, 28/03, 30/03, 04/04, 06/04, 11/04 e 13/04.

ivistas, comunicadores populares, estudantes de jornalismo e mídias locais das capitais de Campo Grande, Goiânia e Cuiabá

Botão Voltar ao topo
Fechar

AdBlock detectado!

Nosso site exibe alguns serviços importante para você usuário, por favor, desative o seu AdBlock para podermos continuar e oferecer um serviço de qualidade!