EntretenimentoNotícias

Seduce inaugura mais uma escola padrão século XXI

Para os moradores do Residencial Kátia e bairros vizinhos, o início do primeiro semestre letivo foi motivo de grande alegria. Na manhã desta quarta-feira, 20/01, a Secretaria de Educação, Cultura e Esporte de Goiás (Seduce) atendeu uma das principais reivindicações da região ao inaugurar o Colégio Estadual Roberto Civita.

Construída numa área de 8,5 mil metros, na confluência da Avenida Orlando Marques de Abreu com a Rua Goiany Prates, a escola tem capacidade para atender 1.160 alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e dos três anos do Ensino Médio.

A inauguração contou com a presença da secretária Raquel Teixeira e de diversos superintendentes e gerentes da Seduce, além do jornalista Felipe Frazão, que integra a equipe da Revista Veja em Brasília e veio representar a família de Roberto Civita, homenageado com o nome da escola. Empresário da área de comunicação, fundador da revista Veja e à frente do Grupo Abril por mais de 30 anos, Roberto é filho de Victor Civita, que em 1985 criou a Fundação de mesmo nome e foi o grande idealizador do prêmio Educador Nota Dez, considerado o “Oscar da Educação no Brasil”, conforme destacou a secretária Raquel Teixeira em sua fala.
Desafios

Aos professores, alunos e pais de alunos que prestigiaram a solenidade de inauguração da escola, a secretária ressaltou que as instituições de ensino têm um duplo desafio: “Além de compartilhar com as crianças e jovens o conhecimento acumulado ao longo da história, nós temos a missão de preparar esses estudantes para um futuro que exige inovação e criatividade”.

No caso do Colégio Estadual Roberto Civita, que começa a funcionar já com 18 turmas do Ensino Fundamental, do 6º ao 9º ano, Raquel frisou que o desafio é ainda maior, já que se trata da educação de base. E dentro da proposta da Seduce de investir na formação integral dos alunos, a secretária antecipou a criação de uma banda marcial na escola, que estará sob a responsabilidade do Centro de Estudo e Pesquisa Ciranda da Arte.
Padrão de qualidade

Com área construída de 3.084.75 m2, o Colégio Estadual Roberto Civita integra uma série de unidades educacionais que atendem o modelo padrão século XXI, projeto arquitetônico criado pela secretária Raquel Teixeira em sua primeira passagem pela Seduce e que prima por proporcionar segurança e bem estar aos professores e alunos. A obra, que está orçada em R$3.170 milhões, foi erguida com recursos do Governo de Goiás e do Ministério da Educação por meio do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE).

A mais nova escola da rede estadual de educação tem capacidade para atender 1.260 alunos nos três turnos, com turmas de Ensino Fundamental no matutino e vespertino e do Ensino Médio à noite. As aulas do primeiro semestre se iniciaram nesta quarta-feira, 20/01, com 1.100 estudantes, sendo que o processo de matrículas ainda está em aberto.

A escola está distribuída em nove blocos, sendo 12 salas de aula, laboratórios de informática e de ciências, salas para diretoria, secretaria e grêmio estudantil; cozinha, refeitório, auditório, biblioteca e área de convivência externa com capacidade para 40 cadeiras móveis. O último bloco é uma quadra poliesportiva coberta, obra que já foi licitada e será iniciada em março.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar

AdBlock detectado!

Nosso site exibe alguns serviços importante para você usuário, por favor, desative o seu AdBlock para podermos continuar e oferecer um serviço de qualidade!