DestaquesNotícias

Orquestra Filarmônica de Goiás lança novo álbum

Produção lançada pelo selo europeu Naxos traz obras do compositor brasileiro César Guerra-Peixe

O 21º álbum da série Música do Brasil, assinado pela Orquestra Filarmônica de Goiás, já está disponível gratuitamente em todas as plataformas de streaming. Os amantes de música erudita podem conferir a produção inédita, que acaba de ser lançada pelo selo europeu Naxos, com repertório dedicado ao compositor brasileiro César Guerra-Peixe. A regência é do maestro Neil Thomson.

O álbum traz ‘A retirada da Laguna’, suíte programática que descreve um dos momentos mais dramáticos da guerra do Paraguai (1864-1870), e ‘Concertino’, um inteligente híbrido com timbres de música folclórica e sofisticadas ambições artísticas com solos de Abner Landim (violino). Também integra o lançamento ‘Museu da Inconfidência’, uma das obras mais admiradas do compositor.

O lançamento demonstra o bom momento vivido pela orquestra que, desde 2022, figura no top 10 do ranking de álbuns mais ouvidos do selo Naxos pelo mundo. No ano passado, o grupo goiano ficou em segundo lugar. A Filarmônica é reconhecida como um dos melhores grupos orquestrais da América Latina. Ela está ligada à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), por meio da Escola do Futuro de Goiás em Artes Basileu França.

Guerra-Peixe
César Guerra-Peixe nasceu em Petrópolis em 1914, filho de imigrantes portugueses. Começou os estudos musicais formais na Escola de Música Santa Cecília, em sua cidade natal, onde foi aluno de violino do professor Gao Omacht, entre outros. Rapidamente ganhou prêmios na Escola pelo seu desempenho no instrumento. Com apenas cinco anos de estudo, obteve a medalha de ouro oferecida pela Associação Petropolitana de Letras.

Conheceu o folclore brasileiro como poucos, dando à sua música uma nova dimensão a partir do estudo de ritmos nordestinos como o maracatu, coco, xangô e frevo. Em 1960, compôs a sinfonia Brasília, conhecida como a obra mais importante de sua fase nacionalista, e também realizou trabalhos no campo da música popular brasileira, com álbuns dedicados a artistas como Chico Buarque, Luiz Gonzaga e Tom Jobim. O compositor faleceu em 1993.

Fotos: Secti
Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação – Governo de Goiás

Botão Voltar ao topo
Fechar

AdBlock detectado!

Nosso site exibe alguns serviços importante para você usuário, por favor, desative o seu AdBlock para podermos continuar e oferecer um serviço de qualidade!