NotíciasPolítica

Caiado abre as portas do Palácio das Esmeraldas para encontro com estudantes do Nordeste goiano

Em Goiânia para participar do turismo educacional, uma etapa do projeto Olimpíada de Humanidades, grupo teve roda de conversa com governador e conheceu a residência oficial 
Uma delegação composta por 124 pessoas, entre estudantes da rede pública estadual e professores, foi recebida no sábado (5/11) pelo governador Ronaldo Caiado no Palácio das Esmeraldas. O grupo, que é do Nordeste goiano, estava na capital para participar do turismo educacional, uma etapa do projeto Olimpíada de Humanidades. A iniciativa é da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), por meio do Centro de Estudo e Pesquisa Ciranda da Arte.
O encontro foi inesperado e surpreendeu a turma, liderada pela gerente de Arte e Educação da Seduc, Luz Marina de Alcântara. Segundo a coordenadora da Olimpíada de Humanidades, Christiane Ayumi Kuwae, os estudantes passeavam pela Praça Cívica quando uma delas começou a chamar por Caiado, na entrada da residência oficial do Governo, até que ele ouviu e apareceu para cumprimentá-los. Foi o segundo encontro do governador com alunos do projeto – o primeiro ocorreu em 2019.
“O governador conversou com os estudantes na porta do Palácio. Depois, convidou para entrar. A turma conheceu o jardim e, no final, cantou a música tema da Olimpíada no salão, com acompanhamento de piano”, contou a coordenadora. Durante o encontro, Caiado falou sobre a arquitetura do Centro de Goiânia, rica em art déco; do seu amor por Goiás; e da importância dos estudos, momento em que contou sobre seu histórico profissional como médico e político.
A Olimpíada de Humanidades está em sua quinta edição e tem como objetivo incentivar o protagonismo jovem. O projeto atende municípios do Nordeste goiano localizados na Área de Proteção Ambiental do Pouso Alto, que circunda o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. Em 2022, participaram escolas de Alto Paraíso de Goiás (Educandário Humberto de Campos e E.E. Gerson de Farias), Cavalcante (E.E. Elias Jorge Cheim), Colinas do Sul (C.E. Joaquim Tomaz Ferreira da Silva), Nova Roma (C.E. Mal Humberto de Alencar Castelo Branco) e Teresina de Goiás (C. E. Joaquim de Sousa Fagundes).
O tema deste ano foi ‘Da cerradania às goianidades: o viver-Cerrado’. Os estudantes desenvolveram projetos específicos, de acordo com a sua realidade local, que foram apresentados nos seus municípios e no Festival de Humanidades realizado em agosto, em Alto Paraíso. A última etapa da Olimpíada de Humanidades é o Turismo Educacional, que levou 96 estudantes para conhecer a história e cultura goianas em Pirenópolis e Goiânia.
Na quinta-feira (3/11), em Pirenópolis, os estudantes participaram da Festa Literária de Pirenópolis (Flipiri) e puderam apresentar os projetos desenvolvidos para a secretária de Estado da Educação, Fátima Gavioli. Na sexta-feira, em Goiânia, o grupo conheceu a Universidade Federal de Goiás (UFG) e seus programas de apoio estudantil. Ainda na capital, a programação chegou ao fim no sábado com: visita à Praça Universitária, Museu Antropológico da UFG, Museu Pedro Ludovico, Bosque dos Buritis e Praça Cívica, com direito à roda de conversa com Caiado.
Fotos: Seduc
Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás
Botão Voltar ao topo
Fechar

AdBlock detectado!

Nosso site exibe alguns serviços importante para você usuário, por favor, desative o seu AdBlock para podermos continuar e oferecer um serviço de qualidade!