DestaquesNotícias

Ação integrada em Águas Lindas de Goiás vistoria mais de 30 mil imóveis contra focos do mosquito Aedes Aegypti

Município é um dos prioritários para o combate ao vetor de doenças como dengue, zika e chikungunya

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), foi um dos parceiros do Dia D – Dengue Zero em Águas Lindas de Goiás, município que integra a região do Entorno do Distrito Federal. A ação, realizada no último sábado (20/01) de forma conjunta entre Prefeitura Municipal, Governo Estadual, Corpo de Bombeiros Militar (CBM-GO), Polícia Militar (PM-GO) e sociedade civil, resultou na vistoria de 30 mil imóveis da cidade contra focos do Aedes aegypti, vetor de doenças como dengue, zika e chikungunya.

Mais de mil pessoas participaram da ação, que incluiu roçagem de mato e recolhimento de entulhos, lixo e outros possíveis criadouros do mosquito na cidade. “Viemos mostrar para a sociedade que a gente precisa fazer essa luta juntos, pra que possamos realmente eliminar os focos do mosquito e evitar que as pessoas tenham dengue e se agravem. O Dia D, a partir de agora, é todo dia, até a gente vencer essa guerra”, destacou o superintendente de Planejamento da SES, Rasivel dos Reis.

Águas Lindas é um dos 91 municípios prioritários para o reforço de ações contra as arboviroses, diante do atual cenário epidemiológico. O local já registrou um óbito por dengue e possui curva ascendente de casos da doença. “Já tivemos perdas pelo vírus e temos que intervir para que a gente não perca mais ninguém. E nessa missão nós, agentes públicos, temos a nossa responsabilidade”, pontuou o prefeito de Águas Lindas, Lucas Antonietti.

Gabinete de crise
O primeiro Gabinete de Crise de Combate às Arboviroses foi instalado na sede da Vigilância em Saúde de Águas Lindas, no último dia 15. Dois gabinetes hospitalares foram implantados na UPA Mansões Odisseia e no Hospital Municipal Bom Jesus. “Ficamos muito felizes com o que a gente viu nas unidades nesse curto período, porque eles estão utilizando toda a estrutura do gabinete pra fazer a organização, a gestão da crise, e dessa forma evitar óbitos e complicações, fazendo o manejo adequado das pessoas que ficarem doentes”, reforçou o superintendente da SES.

Além da ampliação dos horários de atendimento, as unidades implantaram também ambientes para soroterapia, onde é feita a hidratação dos pacientes com suspeita de dengue, chikungunya e zika. A medida é fundamental para evitar o agravamento das doenças. Os gabinetes contam ainda com mapas e planilhas com informações necessárias à tomada de decisões, como quantidade de insumos e leitos, número de casos da doença e estoque de medicamentos. Ao todo, o Governo de Goiás já instalou gabinetes de crise em 91 municípios caracterizados como de alto risco para arboviroses.

Outras ações
Além de Águas Lindas, outros municípios goianos realizaram neste fim de semana ações de combate à dengue. Em Ouvidor, a 278 quilômetros de Goiânia, a Prefeitura Municipal organizou um mutirão de limpeza, que deve continuar até o fim do mês. Também foram realizadas mobilizações em Santa Cruz de Goiás, Edealina, Nazário e Iporá. Uma grande ação está prevista para ocorrer em Valparaíso de Goiás, no Entorno do DF, no próximo sábado (27/01).

Fotos: Marco Monteiro
Secretaria de Estado da Saúde – Governo de Goiás

Botão Voltar ao topo
Fechar

AdBlock detectado!

Nosso site exibe alguns serviços importante para você usuário, por favor, desative o seu AdBlock para podermos continuar e oferecer um serviço de qualidade!