NotíciasSaúde

A cada 10 minutos, seis bebês nascem prematuros no Brasil

A cada 10 minutos, seis bebês nascem prematuros no Brasil

Campanha Março Lilás pauta atenção ao cuidado dos nascidos pré-termo; ONG Prematuridade reforça a questão

O parto prematuro é a principal causa global da mortalidade infantil antes dos 5 anos de idade e, no Brasil, a cada 10 minutos, seis bebês nascem pré-termo, colocando o país na 10ª colocação no ranking mundial de partos prematuros. Neste mês, a campanha Março Lilás, criada pela SPSP (Sociedade de Pediatria de São Paulo), em 2017, e apoiada pela ONG Prematuridade.com, reforça a atenção ao cuidado do bebê prematuro, não só durante a internação, mas também após a alta hospitalar.

Um ponto de extrema importância no cuidado do bebê prematuro e que, a princípio, parece ser bastante desafiador, é a amamentação. “Se para um bebê a termo o leite materno já traz incontáveis benefícios, para um prematuro ele representa a chance de mais qualidade de vida e bem-estar na infância e na vida adulta. A amamentação é um assunto que nos sensibiliza e queremos apoiar as famílias de bebês prematuros que estão passando por esse processo”, fala a diretora-executiva da ONG Prematuridade.com, Denise Suguitani.

A amamentação do prematuro, além de fortalecer o vínculo mãe-filho, muitas vezes abalado por longas permanências na UTI Neonatal, é responsável por favorecer a maturação gastrintestinal e garantir o melhor desenvolvimento neuropsicomotor dessas crianças.

Quando ocorre a alta hospitalar, o bebê deve passar por consultas periódicas com médicos e outros profissionais como nutricionista, psicólogo, fonoaudiólogo, enfermeiro, terapeuta ocupacional, fisioterapeuta, entre outros, para o acompanhamento do seu desenvolvimento.

Outra questão essencial é a vacinação. No entanto, dados de uma pesquisa realizada no ano passado pelo Instituto Ipsos, em parceria com a gigante farmacêutica Sanofi, trouxe um alerta: 29% dos pais que tiveram bebês prematuros extremos (abaixo de 28 semanas de gestação) nascidos nos 12 meses anteriores à data de aplicação da pesquisa atrasaram — ao menos alguma vez — a vacinação das crianças e, destes, 15% deixaram de fazê-la porque esqueceram das vacinas, ou ainda, devido a algum imprevisto.

“A vacinação é fundamental em qualquer circunstância, sobretudo para os prematuros, que são mais suscetíveis a doenças e infecções. Os bebês prematuros inspiram cuidados especiais, pois costumam apresentar baixa imunidade e sistema respiratório mais frágil”, ressalta Denise. “Além disso, toda família e pessoas com quem o bebê tem contato, devem estar com o calendário vacinal em dia”, finaliza.

Cuidados se estendem aos pais

O nascimento de um bebê prematuro, por si só, é um grande desafio, que traz aos pais angústias e inseguranças. Por isso, um olhar especial a eles também é necessário. Para atender às famílias nesse perfil, a ONG Prematuridade.com criou um Núcleo de Saúde Mental, que realiza encontros e atendimentos individuais, online e gratuitos.

“Durante este um ano, percebemos que nossa ideia inicial de acolhimento, tornando a vivência da prematuridade menos solitária, foi confirmada pelo relato das mães nos vários grupos e atendimentos individuais”, fala a coordenadora de Núcleo de Saúde Mental da ONG Prematuridade.com, a psicóloga, Sueli Lopes. “O que temos ouvido é a importância de elas terem um espaço de fala de suas angústias, tristezas, dúvidas, apreensões e cansaço, sem interrupção ou julgamento. No luto, ouvimos da importância deste espaço sem cobranças de tempo ou de atitude, deixando e sendo permitido que o luto seja vivido”, acrescenta.

O Núcleo contribui para a prevenção de adoecimentos emocionais destas famílias e, por consequência, na saúde mental também dos bebês, melhorando o vínculo familiar. “O núcleo tem como proposta o acolhimento como prevenção de riscos à saúde mental da mãe e do bebê, visto que o sofrimento inevitável pela prematuridade poderá desencadear um trauma ou adoecimento emocional” ”, conclui.

Sobre a ONG Prematuridade.com

A Associação Brasileira de Pais, Familiares, Amigos e Cuidadores de Bebês Prematuros – ONG Prematuridade.com, é a única organização sem fins lucrativos dedicada, em âmbito nacional, à prevenção da prematuridade, à educação continuada para profissionais de saúde e à defesa de políticas públicas voltadas aos interesses das famílias de bebês prematuros.

A ONG é referência para ações voltadas à prematuridade e representa o Brasil em iniciativas e redes globais que visam o cuidado à saúde materna e neonatal. A organização desenvolve ações políticas e sociais, bem como projetos em parceria com a iniciativa privada, tais como campanhas de conscientização, ações beneficentes, capacitação de profissionais de saúde, colaboração em pesquisas, aconselhamento jurídico e acolhimento às famílias, entre outras.

Atualmente, são cerca de 6 mil famílias cadastradas, mais de 260 voluntários em 23 estados brasileiros e um Conselho Científico Interdisciplinar de excelência. Mais informações: https://www.prematuridade.com/.

Observatório da Prematuridade – A ONG também produziu o Observatório da Prematuridade, documento desenvolvido com base nos dados coletados pela Numb3rs Analytics e nas altas hospitalares codificadas pela plataforma Valor Saúde Brasil by DRG Brasil® no período de 1º de janeiro de 2019 a 30 de setembro de 2021. O material reúne diversos cenários de todo o país, como números de partos por tipo (vaginal ou cesareana); quantidade de leitos de UTI neonatal; número de consultas de pré-natal realizadas; quantidade de pediatras por estado; faixa etária das mães (uma vez que complicações gestacionais e no parto representam a principal causa de morte entre meninas de 15 a 19 anos mundialmente, pois existe maior risco de problemas – entre os quais a prematuridade-, segundo a Organização Mundial da Saúde), entre outros.

O conteúdo completo está disponível no
link https://prematuridade.com/_files/view.php/download/pasta/1/61f96b65a3779.pdf.

Assessoria de Imprensa:

Botão Voltar ao topo
Fechar

AdBlock detectado!

Nosso site exibe alguns serviços importante para você usuário, por favor, desative o seu AdBlock para podermos continuar e oferecer um serviço de qualidade!