Advogados se revoltam contra “Panela na OAB” e promovem panelaço contra Lúcio Flávio

28 casos de nepotismo na OAB: Chapa OAB Pra Frente seria formada, em sua maioria, por parentes, filhos, esposas, sócios e parceiros profissionais

26 de novembro de 2018
por

Uma carreata com mais de 200 carros, e centenas de advogados reuniram-se na porta do CEL da OAB nesse domingo, 25, para manifestar e protestar contra o nepotismo na OAB.

Segundo manifestação Pública, a chapa encabeçada por Lúcio Flávio seria quase toda ela composta por parentes, filhos, esposa, sócios e parceiros profissionais, o que fechariam o ciclo em favor de interesse próprio.

“É formada por pais e filhos, sócios do presidente em seu escritório e parceiros econômicos e comerciais”. O tema, inclusive, provocou a crítica de que ele estaria divulgando fake news. “Houve um vídeo anônimo revelando essas informações sobre a chapa de Lúcio Flávio. Confirmamos que eram verdadeiras, que não eram fake news, daí fizemos um novo vídeo, desta vez com autoria identificada, esclarecendo o eleitor sobre esses fatos”, diz Pedro Paulo.

Na chapa de Lúcio Flávio, que já indicou o primo Lúcio Lincoln para ocupar o Conselho do Transito do Estado de Goiás, na vaga da OAB, encontra-se o irmão do presidente da CASAG, Rodolfo Otávio, como Conselheiro Seccional, além do irmão do diretor presidente Roberto Serra, no Conselho Seccional.

Ao todo, foram detectados 28 supostos casos de parentesco – de pais e filhos, entre irmãos, entre tios e sobrinhos e entre casal – e de sociedade, parcerias econômicas e compadrio. “É interessante que, em vez de tratar de provar que o conteúdo do vídeo é falso, Lúcio Flávio preferiu acusar a Nova OAB de tê-lo fabricado, na tentativa frustrada de tirar a questão de foco”, observa Silvieen Pires.

Por sua vez, Leon Deniz, que concorre na chapa Nova OAB assegura que a afirmação é verdadeira. “Aliás, conferi o vídeo antes de compartilhar e, notoriamente, até mesmo pela minha convivência, sei que o vice-presidente Thales Jayme é pai do conselheiro seccional Auro Jayme, assim como o conselheiro federal Marisvaldo Cortez, é pai do diretor-adjunto da Casag, Victor Gustavo”, exemplifica Leon.

“É verdade também que o presidente da Comissão de Direito Empresarial, Franco Velasco é casado com a conselheira seccional Eliane Simonini, que o secretário-geral, Jacó Coelho é tio da conselheira seccional Allinne Rizzie Coelho Oliveira Garcia; e que o presidente, Lúcio Flávio, é sócio do secretário do Tribunal de Ética e Disciplina (TED), Carlos Márcio Rissi; do membro das comissões de Direito Tributário e da Advocacia Jovem, Fernando Ribeiro; do conselheiro seccional Marcos César Gonçalves de Oliveira; do secretário-adjunto da Comissão de Direito Ambiental, Eurípedes Souza; do vice-presidente da Comissão de Direito Empresarial, Leonardo Honorato e do membro da Comissão de Combate à Corrupção Eleitoral, que além de sócio é seu irmão, Luiz Antônio Siqueira de Paiva.

Lúcio Flávio aponta que não há ilegalidade.