Bolsonaro ganha mais um palanques em Goiás

Depois de o PRTB fechar aliança nacional e indicar o General Mourão para a vice, partido será outro a apoiar e fazer campanha para o presidenciável em Goiás

7 de agosto de 2018
Denes Pereira e Walter Paulo do PRTB

A campanha de Jair Bolsonaro à Presidência da República ganhou mais um reforço depois da aliança feita com o PRTB e a indicação do general da reserva Hamilton Mourão para a vice. O apoio dos reformadores trabalhistas ao projeto do PSL refletiu nas composições em Goiás, que, a partir de agora, passa a oferecer dois palanques a Bolsonaro.

O PRTB, presidido nacionalmente por Levy Fidélix, é comandado em Goiás por Denes Pereira. Ele diz ao Hora Extra que o partido está com Bolsonaro e o presidenciável terá o apoio de seus correligionários. Um dos fortes nomes que estão com Bolsonaro é o Professor Walter Paulo, da Faculdade Padrão. Ele é candidato a deputado federal e uma das apostas nacionais do partido, que tem como meta neste ano aumentar sua representatividade na Câmara Federal. 

O PRTB manteve a pré-candidatura de Levy Fidélix à Presidência até o final do prazo para a realização de convenções, mas optou por coligar com o PSL e indicar o candidato a vice para, justamente, poder investir ainda mais nas candidaturas dos deputados federais. O próprio Levy é candidato a deputado federal pelo estado de São Paulo. E em Goiás o Professor Walter Paulo é o nome do partido para colaborar com esse projeto nacional.

O presidente Denes Pereira explica que, embora o PRTB esteja coligado em Goiás com o DEM de Ronaldo Caiado — que provavelmente ficará neutro nas candidaturas a presidente —, o partido vai fazer campanha para Bolsonaro.

“O partido de Caiado não lançou candidato a presidente e ele provavelmente não vai oferecer palanque para nenhum. Quanto a Bolsonaro, na nossa coligação tem o Delegado Waldir, que também é candidato a deputado federal e é do mesmo partido dele. Então, serão duas campanhas para Bolsonaro, a nossa, com o respaldo do Professor Walter Paulo e os candidatos e presidentes do PRTB, e a do Delegado Waldir”, explica Denes Pereira.

Educação como arma contra a corrupção

O Professor Walter Paulo é empresário no ramo e a educação que será seu foco na campanha e é a área em que ele criou mais projetos. Apaixonado pelos estudos, ele conta que teve muitas dificuldades para conseguir estudar, porque trabalhava desde os 10 anos de idade para poder ajudar a mãe a sustentar a casa e pagar o aluguel, em Goiânia. “Com 13 anos eu só tinha conseguido estudar o primeiro ano do primário em Goiânia. Foi quando mudamos para uma fazenda e eu fui trabalhar em uma olaria, carregando latas d’água nas costas, muito longe da escola. Aos 17 anos voltei para Goiânia e consegui completar os estudos. Nunca mais parei e lutei muito para realizar meu sonho de empreender e levar o ensino até as pessoas”, explica o professor.

Ele foi o primeiro em Goiás a montar uma faculdade particular, em 1985, em Anicuns. Desde então ele pôde oferecer aproximadamente 90 mil empregos diretos e indiretos, graças às faculdades que ele mantém na capital, no interior e uma em Gurupi, no Tocantins.

Experiente na iniciativa privada, o Professor Walter Paulo quer aplicar na educação pública os projetos que ele estudou, pesquisou e criou para o avanço da educação.

Outro ponto que ele cita e que quer trabalhar na Câmara é no combate à corrupção, tema para o qual ele vai apresentar projetos. Um deles é tratar a corrupção como ela é tratada dentro de uma empresa privada. “Sem perdão. Se um empregado rouba, o patrão o pune com a demissão e ainda entra na Justiça contra ele. Assim deve ser na área pública, porque a sociedade é o patrão e os eleitos a representa”, explica o Professor Walter Paulo.